Normalmente o que motiva uma pessoa a colocar o aparelho ortodôntico é a vontade de ficar com os dentes alinhados e o sorriso perfeito. Mas nem sempre essa é a única razão pela qual ele precisa ser usado! Para além da estética, a parte funcional é uma questão muito importante quando se realiza o tratamento. Não adianta ficar com os dentes ajustados e bonitos se eles não cumprirem bem suas funções, certo? Francine Figueiredo fala ao Sorrisologia sobre a importância desse processo!

Em quais casos o tratamento ortodôntico é indicado?

Existem diferentes situações em que o aparelho ortodôntico pode ser recomendado pelo dentista. Correção de apinhamento dentário, diastemas, mordida profunda, aberta, cruzada anterior e posterior, tracionamento de dentes e presença de menos elementos dentários na arcada são algumas das ocasiões em que ele é indicado. Além disso, hábitos de sucção de dedo, chupeta e lábios durante a infância também podem levar a necessidade de se utilizar aparelho, por isso é importante evitá-los!

Disfunções temporomandibulares

Entre suas funções que vão além da estética, um dos motivos para se usar aparelho ortodôntico pode ser para auxiliar no tratamento da disfunção temporomandibular. “Esse é um problema multifatorial que envolve a musculatura mastigatória, as articulações temporomandibulares, estruturas adjacentes ou ambas”, explica a profissional. Quando ocorre esse quadro, podem aparecer dores de cabeças, nas ATMs, na região do ouvido e pescoço, além de fadiga muscular, zumbidos e estalos.

Como esse problema é multifatorial, nem sempre o tratamento ortodôntico é a solução definitiva e única, mas ele pode ser importante quando o paciente apresenta má oclusão associada aos sintomas da DTM. “Na medida que corrige-se a má oclusão, ocorre um melhor encaixe dos dentes”, esclarece ele. Com isso, são gerados o equilíbrio das forças mastigatórias e a melhora da função dos dentes com as outras estruturas.

Reforce a higiene bucal durante o tratamento!

É importante lembrar que para atingir os resultados desejados com o tratamento, é essencial cuidar bem da higiene bucal. A escova ortodôntica deve ser usada para realizar a escovação, já que permite uma maior limpeza dos dentes. Além dela, a escova interdental pode ser útil para a remoção de resíduos entre os dentes e ao redor dos braquetes, por baixo do fio do aparelho. Para completar, não se esqueça de usar o fio dental! Existem modelos próprios para facilitar a a limpeza de quem usa aparelho.